Michel Temer

Clésio Andrade encontra Temer e entrega documento com sugestões para salvar o país

O impeachment foi um processo extremamente desgastante para o país. A paralisação de setores da economia que aguardaram um desfecho do governo Dilma Rousseff, somados à tensão social gerada pela cisão política pioraram os efeitos da crise econômica que abala o Brasil desde o final de 2014. Tudo isso, entretanto, é água passada embaixo da ponte. Pelo menos é o que pensa o presidente da Confederação Nacional do Transporte, o ex-senador Clésio Andrade.

 

Michel Temer

Em artigo recente, o ex-senador Clésio Andrade argumentou que, por mais traumático que o impeachment da presidente Dilma tenha sido, o novo governo Michel Temer, que nasce com um congresso unido em volta dele, é uma oportunidade única para que o país resgate sua credibilidade mundo agora. Não podemos esquecer que em 2015, primeiro ano do segundo mandato da presidente, que negou qualquer possibilidade de crise em sua campanha, todas as agências de risco rebaixaram a nota de investimento do país. Como Dilma não recorreu a renúncia para salvar seu mandato, o impeachment foi o único caminho para crise política encontrar um fim, já que Dilma perdeu o respaldo popular e político.

Clésio Andrade encontra o presidente Michel Temer

Ciente da oportunidade em Michel Temer de reconstruir o país e nossa infraestrutura, o ex-senador Clésio Andrade recebeu o novo presidente na sede da CNT para entregar o Plano CNT de Recuperação Econômica, fruto de uma profunda investigação estrutural e macroeconômica do país. No documento, elaborado por Clésio Andrade, o novo presidente encontrou os três pilares essenciais para recuperar o país. Vindo do homem que salvou Minas Gerais e diversas empresas da falência, é de se esperar que Michel Temer leia o documento com atenção.

“O presidente interino Michel Temer tem plena consciência disso. Em encontro recente com ele, entreguei o Plano CNT de Recuperação Econômica, composto por três pilares os quais acredito serem fundamentais para que o Brasil recupere sua credibilidade e volte a ser alvo de potenciais investimentos nacionais e estrangeiros.

Defendemos propostas para a dinamização do setor de transporte e logística, como a criação de um Conselho Gestor, já instituído pelo governo Temer, e o estabelecimento de garantias de segurança jurídica. Nesse âmbito, também apresentamos o Plano CNT de Transporte e Logística, que estima a necessidade de investimentos de quase R$ 1 trilhão. Abordamos ainda a urgência de discutir as reformas trabalhista, tributária, previdenciária, política e administrativa. E reivindicamos melhores taxas de retorno nas concessões públicas, menos burocracia nos processos licitatórios e uma clara demonstração para o mundo de que, aqui, os futuros contratos serão respeitados.

Além disso, propomos também a criação de um programa de sustentabilidade veicular, que visa instituir uma política de caráter ambiental a fim de promover a contínua renovação e reciclagem da frota de veículos. Tal medida proporcionaria um crescimento de 1,3% no PIB (Produto Interno Bruto), geraria 285 mil empregos e arrecadação de R$ 18 bilhões em tributos”.

As primeiras medidas anunciadas pelo governo Temer já dialogam, em parte, com os anseios do setor transportador. A primeira foi a redução do número de órgãos que atuam na área. Não se pode pensar o transporte e a logística do país de forma isolada. Agora, será possível unificar agendas e promover uma visão sistêmica. Também enche de expectativas a criação do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), que prevê a ampliação, a harmonização e o fortalecimento da interação entre o Estado e a iniciativa privada.

“Estamos em um processo de correção de rumos e de resgate da identidade nacional. As pessoas e as empresas tinham parado de investir por falta de segurança. Isso está mudando. O grau de confiança deve aumentar substancialmente. É tempo de nos unirmos para tirar o Brasil dessa crise e, se depender dos transportadores, haverá muito empenho e bastante dedicação, desde que os investimentos sejam retomados”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s